São Paulo, SP 12/3/2021 – O processo e o resultado da avaliação de empresas fornecem ao empreendedor um panorama geral da empresa em seus aspectos financeiro e contábil.

Metodologia de avaliação de empresas pode nortear ações do empresário para recuperar os resultados financeiros e garantir a lucratividade.

Na busca pela expansão dos negócios e aumento da lucratividade, empreendedores adotam diferentes estratégias para ganhar o mercado e atingir os objetivos traçados. Neste contexto, o valuation, ou também chamado de valoração, que é o processo de avaliação de empresas, tem sido uma metodologia cada vez mais escolhida por empresários.

Até o mês de novembro de 2020, dados do meuBiZ, plataforma especializada em compra e venda de empresas, apontaram mais de 120% de aumento na venda de relatórios de valuation, em comparação com o mesmo período do ano anterior.

De acordo com Felippe Ferreira, fundador da empresa, o valuation consiste trabalho de análise dos resultados de um negócio, no qual o avaliador apura diferentes informações como contábil, financeira, valor patrimonia e perspectivas de crescimento. A partir desses dados, o valuation estipula o valor mais provável de venda empresa, de acordo com uma percepção de mercado. “Esse valor pode servir como referência de preço em uma possível venda da empresa ou, até mesmo, para ajustes estratégicos”, afirma Ferreira.

A metodologia do valuation também pode ser aplicada pelo próprio empresário. No entanto, Felippe recomenda procurar um avaliador profissional ou uma consultoria especializada no trabalho para garantir a assertividade e a imparcialidade do resultado. “Quanto melhor for a apuração e análise, mais confiável e seguro será o resultado final do valuation, o que passa credibilidade para o mercado e para o próprio empresário”, defende.

No Brasil, a avaliação de empresas tem sido utilizada no processo de compra e venda de companhias e, muito comumente, para avaliar preços de ações no mercado financeiro. Outra função é permitir que o empresário saiba como está a saúde da empresa. Isso porque o processo e o resultado da avaliação de empresas fornecem ao empreendedor um panorama geral do negócio em seus aspectos financeiro e contábil, além de insights sobre como melhorar a performance do negócio. “Por trazer indicadores sobre o negócio como o faturamento, EBITDA e lucro líquido, grande parte dos empresários realizam o valuation como um ponto de partida para definição de estratégias, a fim de melhorar os resultados de vendas e alcançar melhor lucratividade”, argumente Felippe.

Ferreira orienta, no entanto, que, embora o valuation tenha muitos benefícios para o empresário, a metodologia não pode ser feita de forma amadora ou com erros, pois um resultado fora da realidade joga por terra o objetivo de venda ou de reconstrução do empreendimento. Por isso, é recomendável a contratação de uma consultoria ou avaliador independente. “Um avaliador profissional é capaz de apresentar um relatório detalhado sobre as finanças da empresa e, inclusive, indicar caminhos para valorizar o negócio”. Ainda segundo o especialista, não há um tempo padrão para a conclusão do valuation, mas estima-se que o processo leve, em média, até dois meses para ser finalizado.

Dessa forma, é importante ressaltar que o valuation é um eficaz meio para quem busca construir um bom negócio, para vender ou para expandir a empresa.

 

Website: https://meubiz.com.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui